Foto: TSE-MG

 

As eleições municipais chegaram e com ela a necessidade de renovação dos nossos quadros de legisladores e de gestores. A escolha do mais capacitado para ocupar a cadeira do executivo exige um conhecimento mais detalhado da trajetória de cada um. Belo Horizonte tem 16 candidatos a prefeitura e é uma das disputas mais concorridas da história da cidade.

Nesse período de pré-campanha, precisamos estar bem atentos aos nossos candidatos para que a escolha que vai ocorrer em novembro próximo seja a mais benéfica para nós e para o município nos próximos quatro anos.

Com tantos candidatos nessa corrida, precisamos conhecer um pouco mais da trajetória de vida e na política de cada um deles:

Alexandre Kalil (PSD)
Alexandre Kalil tem 61 anos, é de Belo Horizonte e fez carreira como empresário e dirigente do Atlético Mineiro. Começou a estudar Engenharia Civil, mas não concluiu o curso. É filho do ex-presidente do Atlético, Elias Kalil, e também foi presidente do clube, entre 2008 e 2014. O candidato a vice na chapa é Fuad Noman, ex-secretário Municipal de Fazenda.

Foto: divulgação 

Cabo Xavier (PMB)
Tem 48 anos e é Policial Militar há 26 anos, além de teólogo. Disputou a última eleição para o cargo de deputado federal pelo PPL. É presidente nacional do Partido da Defesa Social (PDS), que ainda está em formação e não pode participar da eleição deste ano.

Fabiano Cazeca (PROS)
Nasceu em Itapecerica, no  centro-oeste de MG, e tem 66 anos. Advogado, Administrador de Empresas e Professor, Cazeca é empresário. Em 2018, Fabiano disputou uma vaga à Câmara Federal, mas não conseguiu se eleger. O candidato também é conselheiro benemérito do Clube Atlético Mineiro e já concorreu à presidência do clube. A médica Paula Aparecida Gomes (PTC), será a vice na chapa.

João Vitor Xavier (Cidadania)
Jornalista, radialista e deputado estadual em seu terceiro mandato consecutivo na Assembleia Legislativa. Começou sua carreira política em 2008, ao ser eleito vereador em Belo Horizonte. Atualmente, integra a equipe de esportes da Rádio Itatiaia, onde apresenta diariamente, um programa de esportes. Leonardo Bortoletto, do Democratas, será o vice de Xavier.

Lafayete Andrada e sua vice, Marlei Rodrigues (foto: divulgação).

Lafayette Andrada (Republicanos)
Nasceu em Belo Horizonte e é formado em Direito. O candidato de 53 anos também estudou Agronomia na Universidade Federal de Lavras (UFLA), mas não se formou, e é técnico licenciado do Ibama. Com ampla experiência na vida pública, foi vereador em Lavras entre 1992 e 1996, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Barbacena em 1997 e 1998, vereador em Juiz de Fora entre 2001 e 2004, secretário de Estado de Defesa Social de Minas Gerais em 2011 e 2012 e deputado estadual na Assembleia de Minas por três mandatos. Em 2018, foi eleito deputado federal. Marlei Rodrigues, também do Republicanos, foi escolhida para compor a chapa como candidato a vice.

Luísa Barreto (PSDB)
É natural de Belo Horizonte e é servidora pública estadual na carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG). Foi secretária adjunta de Planejamento do Estado, entre janeiro de 2019 e junho de 2020, na gestão do governador Romeu Zema (Novo). Entre 2015 e 2018, foi a Chefe da Assessoria Técnica na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) da bancada da Minoria. Juvenal Araújo, também do PSDB, será o vice na chapa.

Áurea Carolina (PSOL)
É de Tucuruí (PA), tem 37 anos. Formada em Ciências Sociais pela UFMG e mestre em Ciência Política, é educadora popular, com um histórico de lutas pelas causas negra e feminista. Foi eleita a vereadora mais votada de Belo Horizonte nas eleições de 2016. Em 2018, concorreu à Câmara e foi a quarta deputada federal mais votada em Minas Gerais. Leonardo Péricles, do Unidade Popular, partido estreante nas eleições será o candidato a vice-prefeito de Carolina.

Foto: Abraão Bruck/ CMBH

Marcelo Souza e Silva (Patriota)
É de BH e tem 54 anos. Assumiu a presidência da CDL Belo Horizonte no ano passado, onde atua desde 1989. Esteve à frente do pleito dos comerciantes em relação à reabertura do comércio na capital por conta da pandemia de coronavírus.  Entre 2013 e 2015, foi Secretário de Desenvolvimento Econômico e Secretário da Regional Centro-Sul, de BH. O vice dele na chapa será Leandro Moreira, também do Patriotas.

Marilia Garcia (PCO)
É a segunda candidata mais nova, com 24 anos. Estudante de Letras, Marília é uma das coordenadoras nacionais da Aliança da Juventude Revolucionária (AJR). Em 2018, foi candidata ao cargo de deputada federal, mas teve o registro indeferido pela justiça eleitoral. Silvanio Vilaça Pacheco, também do PCO, será o candidato a vice.

Nilmário Miranda (PT)
Natural de Teófilo Otoni, Nilmário Miranda foi deputado estadual constituinte por Minas entre 1987 a 1991, deputado federal por cinco mandatos, ex-ministro de Direitos Humanos no governo Lula e candidato por duas vezes ao governo de Minas Gerais, em 2002 e 2006, tendo perdido, nas duas vezes, para o hoje deputado federal Aécio Neves (PSDB). Antes de anunciar a pré-candidatura, estava na presidência do Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos de Minas Gerais (Conedh). Luana de Souza, também do PT, foi escolhida para compor a chapa como candidata a vice.

Rodrigo Paiva (Novo)
Rodrigo Paiva é de BH, formado em Engenharia Civil e fez mestrado no Massachusetts Institute of Technology (MIT). É empresário no ramo de tecnologia da informação e fez parte da administração do governador Romeu Zema (Novo), no comando da Companhia de Tecnologia do Estado de Minas Gerais (Prodemge), até o início de junho, quando precisou se desincompatibilizar para ser candidato. Em 2018, concorreu ao Senado pelo Novo, mas não foi eleito.  A vice escolhida para compor a chapa é a médica Patrícia Albergaria, do mesmo partido que Paiva.

Wadson Ribeiro (PC do B)
Nasceu em Juiz de Fora e tem 44 anos. É formado em Administração Pública e foi secretário executivo do Ministério do Esporte e líder estudantil da União Nacional dos Estudantes (UNE) e também da União da Juventude Socialista (UJS). Foi candidato a deputado estadual e a deputado federal por Minas Gerais, sendo atualmente o primeiro suplente da sua coligação na Câmara dos Deputados. Também preside o PCdoB no Estado. Kátia Vergílio foi anunciada como vice na chapa.

Bruno Engler (PRTB)
Bruno Engler nasceu em Curitiba e tem 23 anos e o candidato mais novo entre todos. É coordenador do Movimento Direita Minas e está em seu primeiro mandato como deputado estadual. Foi o terceiro parlamentar mais votado do Estado nas eleições de 2018 e é o mais jovem político eleito na Assembleia Legislativa. Mauro Quintão também do PRTB será o candidato a vice-prefeito.

foto: Willian Dias/ALMG

Wanderson Rocha (PSTU)
Tem 46 anos. Mestre em sociologia pela Universidade de Coimbra, em Portugal, Wanderson também atua em movimentos sindicais. A candidata a vice na chapa é Firmínia Rodrigues também do PSTU.

Wendel Mesquita (Solidariedade)
É de Belo Horizonte e formado em Comunicação Social. Atualmente, é professor e deputado estadual em seu primeiro mandato. Foi vereador de Belo Horizonte por dois mandatos consecutivos, onde ingressou em 2013 e antes de entrar para a política, criou e coordenou um cursinho pré-vestibular comunitário e idealizou o Projeto Brasil Melhor, que desenvolve atividades educativas e culturais para pessoas de baixa renda. Sandra Bini, do mesmo partido, será a candidata a vice na chapa de Mesquita.