Foto: autor anônimo

 

Uma nova determinação da prefeitura de Belo Horizonte irá proibir a venda de bebidas alcoólicas na capital a partir desta segunda-feira (7/12) como medida preventiva a circulação do novo coronavírus. Diante do nono quadro, frequentadores de bares e restaurantes da capital aproveitaram para aproveitarem um último momento de lazer com liberação deste tipo de produto.

Na região do Centro, bares da rua da Bahia, rua Sapucaí e no entorno do Mercado Central tiveram grandes aglomerações de pessoas consumindo bebidas alcoólicas. A situação repetiu em outros pontos da cidade como a região da Savassi, Santa Tereza, Pampulha e em estabelecimentos de bairros periféricos.

Enquanto isso, os números da Covid-19 não param de subir em toda cidade e no estado de Minas Gerais. De acordo como último boletim municipal, Belo Horizonte tinha o registro de 55.170 casos da doença, sendo 2.652 em acompanhamento, 51,373 recuperados e 1.685 óbitos.

Já a taxa de ocupação de leitos chega na linha amarela e alcança 50,6%. O número médio de transmissão por infectado é de 1,06, também na faixa amarela. O único índice que ainda encontra-se na faixa verde é o de ocupação de leitos de enfermaria, em 47,9%.