Foto: PBH

Em coletiva de imprensa, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) pronunciou a respeito dos próximos passos quanto a flexibilização de Belo Horizonte em relação a Covid-19. Entre tudo o que foi dito, o destaque no pronunciamento do líder do executivo da capital mineira foi quanto ao chamado locadown, que significa o fechamento absoluto da cidade. Para ele, a medida não deverá ser tomada.

“Eu queria dizer que nós não vamos fechar a cidade. Estamos tomando essa medida simplesmente para evitar aglomerações. Uma medida técnica, que fique muito claro”, disse o prefeito ao referir-se ao novo horário do funcionamento do comércio, previsto para o final do ano de 2020.

De acordo com o Executivo, a medida visa evitar aglomerações. Em especial para conter o excesso de consumidores que planejam comprar presentes de natal ou para compradores insatisfeitos que querem trocar suas compras nos estabelecimentos. Com isso, as lojas de rua poderão funcionar das 9h às 20h. Os shoppings tem permissão para abrir das 10h às 21h.