Foto: Lucas Lacaz Ruiz/ Folhapress

 

A Vale informa que a Samarco iniciou nesta quarta-feira (23) a retomada gradual de suas operações, com a retomada integrada das operações dos Complexos de Germano, localizado em Mariana, Minas Gerais, e Ubu, localizado em Anchieta, Espírito Santo.

As operações da Samarco reiniciaram com capacidade de produção de 7-8 Mtpa com a utilização de um de seus três concentradores para beneficiamento de minério de ferro no Complexo de Germano e uma das quatro usinas de pelotização do Complexo de Ubu, representando 26% da capacidade produtiva da Samarco.

O reinício integrado das operações ocorre após extensos testes de comissionamento, garantindo uma retomada segura após cinco anos. A Samarco utilizará novos processos de disposição de rejeitos, refletindo seu compromisso com a retomada sustentável e a segurança operacional.

Conforme a Licença de Operação Corretiva (LOC), recebida em outubro de 2019, a Samarco espera poder reiniciar as operações de um segundo concentrador em aproximadamente 5 anos, atingindo uma produção de aproximadamente 14-16 Mtpa, e reiniciar o terceiro concentrador em cerca de 9 anos, quando a Samarco espera atingir um volume de produção de aproximadamente 22-24 Mtpa.