Foto: reproduçã/Airbnb

 

Durante uma viagem, viver o destino de verdade, o mais importante é viver o local. E essa boa experiência não começa no deslocamento ou nos pequenos momentos. Ela começa no lugar que você escolheu para se hospedar. E nada como um local com características ímpares para tornar esse momento inesquecível.

Quem viajar para a Serra do Cipó, do ladinho de Belo Horizonte, pode a sensação de se hospedar em um ambiente que segue a risca o gabarito. Esse é o Chalé da Serra, um chalezinho de menos de 40m², mas que acomoda até seis pessoas e permite um contato com a natureza inexplicável.

Tudo começa  pela arquitectura da casa. Numa sala aconchegante com móveis de madeira e uma janela de três metros de altura, a luz do dia serve de despertador caso as cortinas estejam abertas. Nessa sala, a decoração é impecável, de deixar boquiaberto. E como uma cereja no topo do bolo, um quadro gigante (talvez de três metros também) com um desenho de uma mulher ruiva.

Esse quadro faz toda uma diferença na casa. Ele acende  uma energia de paz e aconchego. É ótimo sentar-se no sofá debaixo dele e adimira-lo. Depois, só olhar para a janela para ver o verde da serra bem pertinho. Ah! As fotos, em qualquer lugar desta casa, ficam ótimas.

Os outros cômodos – cozinha, banheiros, quartos e despensa – são tão mágicos quanto. Quem planejou essa casa, a fez de uma forma na qual o hospede ficasse impressionado do início ao fim. O mesmo vale para o lado de fora, para o jardim, para as redes dispostas e até para uma jacuzzi (que pertence a casa ao lado, mas dá para negociar com os donos e alugar a parte).

A noite, um banho nessa jacuzzi, que tem água quente, é uma ótima pedida. Dá até para fazer um churrasquinho e até mesmo uma fogueira. Ainda a noite, uma dica de ouro: apague todas as luzes, sente-se no gramado e olhe para o céu. O distanciamento da cidade grande permite uma visão bem detalhada das estrelas. É emocionante! Dá até para brincar de desenhar com elas! Só não aponte o dedo porque nasce verruga, como diz a crendice.

Essa casa, que parece até personagem da música “Era uma vez”, de Sandy & Júnior, fica há pouco mais de 80 quilômetros de belo Horizonte, aos pés da Serra do Cipó, e há menos de cinco quilômetros do centro habitacional da serra. Ela está para alugar no Airbnb e o preço da diária, em janeiro de 2021, era de R$ 400.