Foto: Marcos Paiva

 

Vale a pena encarar 12 km de estrada de terra para conhecer a Lapinha da Serra, um santuário ecológico situado no município de Santana do Riacho, há cerca de 130km de Belo Horizonte. A Lapinha é um vilarejo humilde e banhado por uma lagoa artificial que repousa aos pés de um paredão de quase três quilômetros.

Claro que nesse cenário impressionante existem muitas cachoeiras. São cerca de 10 ao todo, cada uma com sua particularidade, sua trilha e seus poços e quedas de tirar o fôlego. Mas a  mais impressionante delas é a mais próxima do vilarejo, a cachoeira do Rapel.

De fácil acesso e com uma vista privilegiada para a represa, a belíssima cachoeira que passa por entre uma fendas de pedras, possibilita a prática do rapel, o que deu seu nome. São 40 metros de aventura que terminam numa banheira natural muito refrescante.

Quem desejar viver esse momento pode procurar pelos instrutores e guias no vilarejo da Lapinha mesmo. São várias opções com preços acessíveis. Agora, quem não quiser, pode apenas se deliciar em águas refrescantes e escutar o barulho da queda d’água, ou ainda se divertir apenas na represa que tem beiras rasas e atividades náuticas pagas diversas. Ah! Para acessar é preciso pagar R$ 15 (ao menos esse foi o preço em janeiro de 2018).

Quem ficar quiser passar apenas uma tarde terá toda essa beleza natural a sua disposição. Agora, quem quiser se hospedar na Lapinha e passar um pouquinho mais de tempo ainda pode se deliciar com a culinária local – que é formidável – e com os eventos e atrações simples que o povoado oferece. Lapinha é um recanto!