Foto: Prefeitura de Belo Horizonte/Divulgação

 

Festas e aglomerações estão sendo denunciadas em toda Belo Horizonte desde sexta-feira (12/2), data na qual começaria o período de carnaval em 2021. Toda essa movimentação, vetada como recomendação para evitar a circulação do novo coronavírus, está acarretando desconfortos para as autoridades.

Em apenas três dias, fiscais de Controle Urbanístico e Ambiental da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) realizaram 21 interdições de estabelecimentos por  descumprimento dos protocolos sanitários. A informação foi  confirmada pela própria prefeitura ao calcular um balanço entre sexta-feira e domingo.

De acordo com os números da PBH, na última sexta-feira foram 17 interdições e uma multa aplicada. Já no sábado (13/2) foram três interdições e duas multas. Enfim no domingo (14/2), um local foi fechado. Esses estabelecimentos que funcionara de forma irregular, além de interditados, podem pagar uma multa de até R$ 18 mil.