Que o mercado de investimentos é local de volatilidade não é segredo para os investidores. Porém, na última semana, o mercado acionário dos Estados Unidos viveu um momento inédito. Chamado de Short Squeeze, acionistas se organizaram para comprar em massa ações de uma empresa, o que consequentemente fez a ação da companhia disparar.

Tudo começou com a GameStop, uma pequena rede de lojas de videogames dos Estados Unidos. Integrantes de um fórum de discussão do Reddit, plataforma que funciona como sala virtual para comunidades manterem discussões específicas, decidiram comprar em massa as ações da GameStop. Essa aquisição acabou influenciando a tal ponto que o valor de mercado da empresa de jogos saltou de US$ 1,3 bilhão para US$ 22,5 bilhões.

“Short squeeze é o nome utilizado para definir um movimento brusco de aumento significativo no preço de uma ação, na bolsa de valores. Esse é um movimento puramente especulativo do mercado financeiro pelo lado dos compradores e ocorre quando há uma percepção de excesso de venda (short) de uma ação no mercado. Por conta do alto volume de compra, os investidores que apostaram na queda do preço das ações são obrigados a recomprar a ação a um preço maior para mitigar as perdas, fazendo com que as ações subam ainda mais”, esclarece Marco Tulio Souza, Head da Mesa de Renda Variável da Aspen Investimentos.

Após verem as ações da GameStop subirem 323% entre os dias 25 e 29 de janeiro, o fórum também tentou fazer o mesmo com as ações de AMC, Nokia e BlackBerry, mas não obtiveram o mesmo resultado. No Brasil, um grupo de 47 mil investidores também se arriscou. Através do Telegram, esse grupo decidiu apostar em ações da resseguradora IRB Brasil, mas a iniciativa também frustrou.

Desde os momentos de frustração, ainda não houver mais apostas nesse movimento de short squeeze. E para quem ainda aguarda por essa dinâmica, é bom ficar atento. Prever o que vai acontecer no mercado financeiro é impossível, mas Marco Túlio alerta para sinais que podem demonstrar um novo movimento de short squeeze.

“Existem dois sinais para ficarmos atentos. O primeiro é quanto a proporção de ações alugadas versus as ações que estão disponíveis no mercado. É comum que haja semelhança entre esses números, do contrário pode haver algo errado. Já o segundo é quanto a proporção entre ações alugadas e o volume de operações que vêm sendo realizados com o ativo.

Empresas menores têm volumes menores. Caso este volume aumente subitamente é bom ficar de olhos bem abertos antes de investir. De qualquer forma é bom lembrar aos investidores que os órgãos responsáveis pelo controle do mercado tomam medidas contra esse tipo de movimento, podendo por exemplo congelar a negociação de papéis que tenham sinais desse tipo de operação”.