Foto: reprodução

 

A prefeitura de Belo Horizonte interditou o shopping popular Oiapoque, localizado no centro da capital mineira, na tarde desta quinta-feira (18/3). O motivo do fechamento é devido ao descumprimento, por parte da instituição, de normais sanitárias municipais para a prevenção da Covid-19

Para o Jornal O Tempo, o presidente do mall, Márcio Valadares, confirma que vai solicitar a desinterdição  e induz que a medida foi injusta. “Ele (o shopping) foi interditado por um motivo muito simples. Nós procuramos seguir todas as normas do decreto estipulado pela prefeitura e o drive-thru é autorizado e nós estávamos fazendo o drive-thru. O que a fiscalização da prefeitura verificou é que algumas pessoas não tinham paciência de ficar esperando dentro do carro e estavam saindo do carro”, indica

“Investimos muito no nosso site para fazer a venda online para que o lojista tenha alguma receita e o drive-thru não estava funcionando adequadamente. Foi uma falha nossa, foi um erro realmente. Alguns motoristas realmente saíram do carro, mas eu posso garantir que não houve acesso às lojas. Eles saíram do carro e foram até uma grade que nós colocamos onde era controlado o acesso às lojas. Acesso às lojas somente os clientes das óticas, conforme o decreto. Nós vamos entrar com um pedido de desinterdição e vamos nos propor a corrigir essa falha”, garantiu.