Foto: PBH

 

Beirando o colapso do sistema de saúde, também privado quando particular, a Prefeitura de Belo Horizonte abriu 18 novos leitos de UTI Covid no SUS nesta quinta-feira, dia 18. Agora, são 411 leitos para tratamento de pacientes com suspeita e confirmação da doença na rede pública.

Com o incremento, a taxa de ocupação de UTIs caiu de 91,1%, para 85,4% no SUS. Já a ocupação de UTIs Covid na Rede Suplementar (Privada) subiu de 102,8% para 109,5%. Este aumento contribuiu para a manutenção da taxa geral na cidade em 96,6%, que inclui as duas redes (SUS e Suplementar).

A novidade veio em plena onda roxa, num momento de toque de recolher e justo no dia em que Minas Gerais alcançou a marca de um milhão de casos confirmados de Covid-19. Nos últimos dias, o cenário da pandemia é de fila de espera por leitos e morte de pacientes que aguardavam por este tipo de atendimento.