O prefeito Alexandre Kalil (PSD) entrou para a lista dos vacinados. O chefe do executivo recebeu a primeira dose do imunizante nesta semana. Agora, o medicamento chega aos moradores que tenham completado 60 anos e também para pessoas que tenham alguma comorbidade.

Na próxima segunda-feira, dia 3 de maio, a Prefeitura de Belo Horizonte começa a imunizar idosos de 60 anos com doses da AstraZeneca. A expectativa é vacinar aproximadamente 36 mil pessoas desta faixa etária. A aplicação da vacina acontece das 7h30 às 16h30 nos postos fixos e extras. Já nos postos drive-thru a vacinação é das 8h às 16h30. Os endereços estão disponíveis no portal da Prefeitura. Nas nove Unidades 24h não é feita a aplicação de vacinas.

Para se imunizar é necessário levar documento de identidade, CPF e comprovante de residência. Todos devem estar de máscara e respeitar o distanciamento nas unidades. O ideal é que o idoso leve, no máximo, um acompanhante para evitar aglomerações.  Idosos de 60 anos acamados e com mobilidade reduzida devem se cadastrar no portal da Prefeitura, neste link.

Além disto, a Prefeitura de Belo Horizonte abriu cadastro para pessoas de 18 a 59 anos com comorbidades, com deficiência permanente beneficiárias do programa Benefício de Prestação Continuada (BPC) e gestantes/puérperas residentes na capital, receberem a vacina contra a Covid. O início da vacinação será divulgado assim que Prefeitura receber nova remessa de doses da vacina.

O cadastro foi aberto nesta sexta-feira, dia 30, e será encerrado na segunda, dia 3 de maio, às 23h59. As pessoas de 18 a 59 anos com deficiência permanente com recebimento do BPC não precisam se cadastrar.  As pessoas com comorbidades devem se cadastrar no portal da Prefeitura. Já o cadastro para gestantes e puérperas deve ser feito neste link. Não serão aceitos envio por e-mail ou por telefone. A Prefeitura orienta guardar a confirmação enviada por meio eletrônico para maior agilidade no dia da vacinação.

Planejamento
Para ser vacinado será necessário, além de realizar cadastro, reunir documentos para comprovar a condição (exames, receitas, relatório médico e/ou prescrição médica) e ficar atento ao calendário de vacinação, que acontecerá em 2 fases, seguindo orientação do Ministério da Saúde, e conforme a disponibilização de vacinas pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Na fase I, serão vacinados proporcionalmente, de acordo com o quantitativo de doses disponibilizado:

  • Pessoas com Síndrome de Down, independentemente da idade;
  • Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise) independentemente da idade;
  • Gestantes e puérperas com comorbidades, independentemente da idade;
  • Pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos;
  • Pessoas com deficiência permanente beneficiárias do programa Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos.

Na fase II, serão vacinados proporcionalmente, de acordo com o quantitativo de doses disponibilizado, segundo as faixas de idade de 50 a 54 anos, 45 a 49 anos, 40 a 44 anos, 30 a 39 anos e 18 a 29 anos:

  • Pessoas com comorbidades;
  • Pessoas com deficiência permanente beneficiárias do programa Benefício de Prestação Continuada (BPC);
  • Gestantes e puérperas independentemente de condições pré-existentes.