Foto: divulgação/CMBH.

 

As fortes chuvas que atingem Belo Horizonte desde domingo (7) mobilizaram equipes da Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) para serviços excepcionais em, pelo menos, duas regiões da capital. Um dos pontos mais afetados foi a rua Laplace, no bairro Santa Lúcia. A gerência regional de Limpeza Urbana Centro-Sul informou que oito caminhões e 55 funcionários foram deslocados para as ações no local. Até o momento, cerca de 170 toneladas de resíduos já foram removidas somente naquela área. Foram necessários dois caminhões-pipa e 70 mil litros de água de reúso para a lavação.

Segundo o gerente responsável, Denílson Pereira de Freitas, a maior parte do material retirado era composto por lama, terra e pequenas pedras arrastadas pela enxurrada. Pedaços de asfalto também foram arrancados e estão sendo recolhidos pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap). “Continuamos de plantão, atentos a qualquer eventualidade pois, em casos assim, de grandes volumes de água, é necessário agir com urgência para a desobstrução das vias, garantindo a segurança da população”, observa.

Já na região Oeste, o gerente Carlos Alexandre Fernandes destaca que o temporal de domingo exigiu que os trabalhadores realizassem a raspação de trechos da avenida Tereza Cristina durante dois dias seguidos. “Atuamos entre a rua Amanda e o córrego Ferrugem, além da rua Maria José, no bairro Camargos, e da avenida Barão Homem de Melo com rua Alfa, no Nova Granada”, esclarece. “Nossas equipes recolheram cerca de 12,5 toneladas de resíduos.”, completa.